BlogArte

Crochet Junho 8, 2009

Filed under: Uncategorized — heshimuevans @ 8:31 pm
Tags:

Ver imagem em tamanho real

 Crochet é uma espécie de artesanato feito com uma agulha especial que possui um gancho e que produz um trançado semelhante ao da malha ou da renda.

A palavra foi originada de um termo existente no dialeto nórdico, com o significado de gancho (que é a forma do bico encurvado da agulha utilizada para puxar os pontos), que também originou croc, que em francês tem o mesmo significado. Ninguém tem a certeza de quando ou onde o crochê começou. Segundo os historiadores os trabalhos de crochê tem origem na Pré-história. A arte do crochê, como a conhecemos atualmente, foi desenvolvida no século XVI. O escritor dinamarquês Lis Paludan tentou descobrir a origem do crochê na Europa e fundamentou algumas teorias.

Ora reparem neste estojo feito em crochet: Estojo em crochet

 

                                                                                                                                 Luís Vicente

 

Friso Maio 25, 2009

Filed under: Uncategorized — heshimuevans @ 9:04 pm
Tags: ,

 

Pode ser um pouco estranho, mas há pessoas que não sabem o que é um friso

Como acabámos à pouco tempo o trabalhar da repetição de diferentes módulos, decidi fazer um artigo sobre o friso.

  • No sentido comum, é uma faixa para divisão ou ornamentação de uma superfície de parede, geralmente na parte superior.
  • Na arquitectua contemporânea pode ser um relevo em paredes ou móveis.
  • Podem ser também simetrias.

A mais usual, no meu caso, é a terceira opção. Às vezes, nem damos conta que estamos a fazer um friso e, quando reparamos está uma obra de arte. Não se esqueçam! Quando tiverem um tempinho livre e se vos apetecer desenhar, tentem fazer um friso. Passado um bocado já têm um desenho. É bonito! Agora vejam estes frisos interessantes:

 

Ver imagem em tamanho real

 

 

 

Frisos com simetrias

    Friso con 2 cores

   Friso com 2 cores

 

Nestes azulejos também podem encontrar frisos.

Ver imagem em tamanho real

Ver imagem em tamanho real                                                                                                                

Imaginem que não havia espaço em branco entre as duas imagens muitos bonitas! Se isso se repetisse seria um friso…

  

                                                                                                                     Luís Vicente

 

Juarez Machado Dezembro 21, 2008

Filed under: Uncategorized — heshimuevans @ 8:19 pm
Tags: , ,

                                          Juarez Machado

 

 

                   

 

 

Juarez Machado (Joinville / Santa Catarina, 16 de março de 1941), pintor, escultor, desenhista, mímico, caricaturista, cenógrafo, escritor, fotógrafo, ator e designer. Passou sua infância em Joinville na companhia da mãe Leonora e de seu irmão Edson. Seu pai era caixeiro viajante, trabalho que o ausentava bastante.

Aos 14 anos, trabalhou em uma oficina gráfica, no setor de produções de rótulos de remédios, embalagens e cartazes para laboratórios. Nesse processo de criação, entre pincéis, tintas e papéis, um profissional estava sendo formado.

Como sua cidade natal era muito pequena, com características do velho mundo (grande parte da população era de origem alemã sendo, consequentemente, sua arquitetura semelhante a da germânica), Machado resolveu explorar outras cidades, indo assim para Curitiba aos 18 anos. Matriculou-se na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Logo ao se formar, realizou sua primeira individual na Galeria Cocaco de Curitiba, dando início a sua carreira de contínuo sucesso.

Em 1965, mudou-se para o Rio de Janeiro – cidade que, como São Paulo, tinha maiores oportunidades e era onde tudo estava acontecendo – conseguindo, aos poucos, conquistar seu espaço.

Mudou para Paris em 1978, onde fez seu terceiro ateliê – deixando o de Joinville e o do Rio de Janeiro (ambos em atividade) – mas antes, visitou Nova York, Londres, Itália, Dinamarca, Chipre, Israel e Grécia onde tomou partido dos acontecimentos do universo artístico de cada região.

Ganhou o prêmio da 5ª Bienal de Arte da Itália, prêmio Cenários em Televisão, o prêmio “Barriga Verde” de Artes Plásticas de Santa Catarina, o prêmio Nakamori (Japão) pelo melhor livro infantil, entre outros.

Sua cidade natal (Joinville), deu-lhe o título de Cidadão Honorário em 1982, e o presidente da República concedeu-lhe a Ordem do Mérito de Rio Branco, em 1990.

Entre os sucessos de suas exposições, sua única reclamação é sobre o conservadorismo dos museus que, até hoje, não valorizam artistas do Novo Mundo provocando uma certa ausência de artistas da América do Sul.

Em relação a sua vida pessoal, Machado é orgulhoso em afirmar seu forte apego à família. Seus filhos, influenciados pela profissão do pai, optaram por seguir áreas de comunicação como: produção de vídeos, cinema e TV e especialista em computação gráfica e desenhos animados.

Com seu talento artístico, Juarez terá ainda várias décadas de pintura pela frente, continuando a aumentar nossa riqueza artística e cultural.

Algumas das suas pinturas:

 Photobucket - Video and Image Hosting

 

E:

Photobucket - Video and Image Hosting

 

 

                                                                                               Luís Vicente

 

 

 

Michelangelo Buonaretti Dezembro 6, 2008

Filed under: Uncategorized — heshimuevans @ 8:36 pm
Tags: ,

Michelangelo, pintor, escultor, poeta, arquiteto, gênio italiano. Ele revolucionou a concepção da pintura mural com os afrescos da Capela Sistina; escultor insuperável que, ao lado de Donatello e Verrochio, elevou a escultura italiana a um nível espetacular, atingido apenas pelos gregos. Gênio!!!
Michelangelo nasceu a 6 de março de 1475, em Caprese, província florentina. Seu pai, Lodovico di Lionardo Buonarroti Simoni, era um homem violento, “temente de Deus”. Sua mãe, Francesca di Neri di Miniato del Sera, morreu quando Michelangelo tinha seis anos. Eram cinco irmãos: Leonardo, Michelangelo, Buonarroto, João Simão e Sigismundo.

Michelangelo foi entregue aos cuidados de uma ama de leite cujo marido era cortador de mármore da aldeia vizinha de Settignano. Mais tarde, brincando, Michelangelo atribuirá a esse fato sua vocação de escultor. Brincadeira ou não, o certo é que na escola enchia os cadernos de exercícios com desenhos, totalmente desinteressado das lições sobre outras matérias. Por causa disso, mais de uma vez foi espancado pelo pai e pelos irmãos de seu pai, a quem parecia vergonhoso ter um artista na família, justamente uma família de velha e aristocrática linhagem florentina, mencionada nas crônicas locais desde o século XII. E o orgulho familiar jamais abandonará Michelangelo.

Agora, fica aqui um vídeo do nosso actualmente Michelangelo Buonaretti e, já agora acompanhem as filmagens ao som do vídeo:

Acho que dá para ficar com uma ideia da sua arte …

Luís Vicente

 

Os grandes artistas e eu Outubro 20, 2008

Filed under: Uncategorized — Ana Catarina @ 12:10 pm
Tags: , , , , , ,

Ao fim de algum tempo, as grandes obras de arte, que vamos vendo e apreciando, começam a influenciar a forma como realizamos os nossos próprios trabalhos.

Começamos a querer reproduzir nas nossas próprias obras os efeitos visuais que encontrámos, e tanto gostámos, nos trabalhos dos grandes mestres 😉

Assim, deixo aqui uma comparação entre os trabalho de grandes artistas e algumas das minhas próprias produções. A ideia nunca foi imitar ou copiar, mas sim procurar melhorar o que faço com técnicas que vi aplicadas nas suas obras 😉

Ora observem 🙂

Paul Gauguin

Paul Gauguin

Van Gogh

Van Gogh

Theo Van Doesburg

Theo Van Doesburg