BlogArte

Auguste Rodin Novembro 22, 2008

Filed under: Uncategorized — rafickool @ 4:09 pm

Auguste Rodin

Nascido François-Auguste-René Rodin, as primeiras esculturas de Rodin foram feitas na cozinha de sua mãe, com massa que ela usava para fazer pão. Aos 14 anos, aquele que seria um dos escultores mais geniais da história da arte, já tinha aulas numa pequena academia. Em pouco tempo era aceito na Escola de Artes Decorativas, sob a orientação de Boisbaudran e de Barye. Ingressou depois na Academia de Belas-Artes, onde conheceu os escultores Carpeaux e Dalou. Trabalhou inicialmente como ornamentista, modelador, prático e cinzelador.

A exemplo do que tantas vezes aconteceu com os grandes artistas, a primeira obra de Rodin, O Homem de Nariz Quebrado (1864), não foi aceita no Salon de Paris. A justificativa do júri foi que a obra era um esboço, uma coisa inacabada. Paradoxalmente, toda a criação do escultor se basearia no conceito de “non finito”. No ano de 1875, Rodin conheceu Meunier e realizou uma viagem à Itália, de importância fundamental para sua futura estatuária. Lá se interessou principalmente pela obra de Michelangelo, mais precisamente pela escultura O Prisioneiro, que o mestre deixou inacabada, influência esta que o libertou do academicismo. Na sua volta, o escultor visitou e estudou as catedrais góticas. Em pouco tempo criou seu famoso São João Batista Pregando (1878).

Na contemplação de fragmentos de esculturas clássicas, Rodin compreendeu até que ponto uma parte da obra era capaz de representar o todo dela. Assim, começou fazendo obras cerceadas, por assim dizer, algo que ninguém jamais havia tentado. Exemplo disso são O Homem que Caminha e Torso. No entanto, esses fragmentos de obras não eram produto de um capricho artístico. Na obra A Mão de Deus, há uma ambivalência de significados: a mão divina é na realidade a de um escultor em plena atividade. E foi exatamente o que Rodin tentou plasmar ao longo de toda a sua obra: o momento da criação. É por esse motivo que ele pode ser considerado um verdadeiro impressionista.

Sobre os Burgueses de Calais nos jardins da torre de Victoria, Londres, não foram permitidas sob a lei francesa mais de doze cópias desta obra após a morte de Rodin . A cópia de Londres, comprada pelo governo britânico em 1911, é uma delas. Rodin duplicava frequentemente as suas estátuas. No caso dos Burgueses de Calais duas das cabeças do grupo escultórico são idênticas e um terceira ligeiramente alterada. Algumas das mãos são também usadas duas vezes.

Suas obras mais célebres, O Beijo, que faz parte de uma série de esculturas realizadas para a Porta do Inferno, do Museu de Artes Decorativas, O Pensador, da mesma série, e o retrato de Balzac confirmam isso. Tem hoje um museu em Paris dedicado as suas obras e vida (o Museu Rodin), situado no Hôtel Biron, ao lado do Hôtel des Invalides, túmulo de Napoleão.

Rodin teve uma assistente de nome Camille Claudel que também foi escultora e sua amante. Os seus trabalhos são muitas vezes confundidos como de Rodin conjecturando-se este facto.

Rodin conquistou fama em vida, e suas obras chegaram a ser as mais apreciadas no mercado de arte europeu e americano. Hoje em dia encontram-se nos museus mais importantes do mundo.

Obras

   

Porta do Inferno

Trabalho realizado por Rafael 6B

Anúncios
 

32 Responses to “Auguste Rodin”

  1. rafickool Says:

    gostam do meu trabalho?A ke eu mais gosto e a “porta do Inferno”

  2. rafickool Says:

    kal foi a estatua ke mais gostaram??:D
    ;D

  3. jorge sousa Says:

    Está muito bem o teu trabalho,parabéns mais uma vez.

  4. ines Says:

    Parabens rafael mais uma vez o teu trabalho esta muito bom!!

  5. tiagocv Says:

    está bem estruturado e interessante 😀

  6. tiagocv Says:

    gostaste mesmo do blog ;D

  7. tiagocv Says:

    agora tás sempre a fazer artigos 🙂 ;D

  8. tiagocv Says:

    a que gostei mais foi a mão de deus 😉

  9. jorge sousa Says:

    Eu gostei muito também da mão de Deus.

  10. jorge sousa Says:

    E ainda bem que estás sempre a fazer artigos.

  11. jorge sousa Says:

    Felizmente gostaste mesmo do blog.

  12. ines Says:

    Claro que ainda bem que ele gostou do blog eu tenho uma surpresa aqui para o blog e segunda feira ja deve estar ca!!!

  13. Rafael Says:

    obrigada a todos

  14. ines Says:

    De nada mas e verdade estas mesmo entusiasmado eu tambem estoua preparam umas coisinhas aqui para o nosso blog!!!!

  15. ines Says:

    Ninguem comenta hoje !!!! 😦

  16. Rafael Says:

    eu comento ines n te deixo sosinha a comentar lol 😀 ;|

  17. jorge sousa Says:

    Eu também comento!

  18. jorge sousa Says:

    Miguel ainda aí estás?

  19. miko Says:

    sim jorge estou aqui!!!

  20. ines Says:

    Obrigado rafael!!!!! LOL 🙂

  21. jorge sousa Says:

    Também estou!!!!!!!!!

  22. ritinhah Says:

    mais uma vez este trabalho esta muito informativo!

  23. ines Says:

    Ola rita!!!

  24. ines Says:

    Ola pessoal esta aqui alguem no blog??

  25. ines Says:

    Eu tinha aqui no bloga aminha foto e de um momenton para o outro desapareceu e eu ja tentei por outra vez mas continua a nao dar alguem me sabe dizer como e que eu osso resolver a situaçao?

  26. Catarina Gomes Says:

    Sem contar com a Inês… onde estavam vocês quando vos mostrei como se põe a imagem no perfil??? Bem me pareceu que a atenção não foi muita 😉
    Amanhã na aula, se houver tempo, explico outra vez a quem precisar 🙂

    Quanto a mim, os artigos do Rafael têm tido dois aspectos positivos:
    – são bastante completos e…
    – trouxeram a escultura ao blog. 🙂
    Têm também sido ricos em imagens e, por isso, podemos ver muitas obras dos respectivos artistas.

    De Rodin, as minhas esculturas favoritas são o Beijo e o Pensador. Aliás, a primeira vez que tentei desenhar alguma coisa à vista, sem ser obrigada pelos trabalhos escolares, foi uma réplica do Beijo. Para a idade que tinha na altura até nem ficou mal 😉

  27. inespucca Says:

    Esta alguem ai stora ode expliarme como e que se oe artigos no blog porque na aula que a stora explicou nao estava la !!! LOL 🙂

  28. jorge sousa Says:

    É fácil,entras na tua sessão do blog.
    Aparece-te do lado esquerdo ESCREVER,clicas lá e vão-te aparecer páginas para fazeres o teu artigo.
    Pesquisas sobre o que queres fazer e depois escreves o que achares melhor.
    Para pôr imagens tens que guardar a que quiseres que apareça no artigo no computador,e de seguida,clicas em cima do artigo em adicionar imagem.
    Procuras essa imagem e colocas no artigo em carregar.
    Depois vais para baixo e clicas inserir no artigo.

  29. inespucca Says:

    Obrigado jorge!!! LOL 🙂

  30. jorge sousa Says:

    De nada.

  31. rafickool Says:

    obrigada rita mais uma ves 😉 🙂 😀

  32. ritinhah Says:

    de nada rafael! só estou a dizer verdades!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s