BlogArte

Antonio Canova Novembro 22, 2008

Filed under: Uncategorized — rafickool @ 10:58 pm

Antonio Canova foi um escultor italiano, famoso pelas suas esculturas em mármore. É considerado uma das maiores figuras do neoclassicismo.Primeiros anos

Antonio Canova perdeu seus pais quando tinha cerca de três anos: o pai pela morte e a mãe por outro casamento, mas foi educado por seus avós paternos. Tanto seu pai como seu avô trabalhavam com a pedra, e consta que várias gerações de sua família também se ocuparam neste mister. Assim que Canova pôde segurar um lápis foi iniciado por seu avô Pasino nos segredos do desenho. Sua juventude foi passada em estudos artísticos, mostrando desde cedo predileção pela escultura, o que foi favorecido pelo ambiente familiar. Com nove anos já foi capaz de produzir dois pequenos relicários em mármore, que ainda existem, e desde então seu avô o empregou para diversos trabalhos. O avô era patrocinado pela rica família Falier de Veneza, e através dele Canova foi apresentado ao senador Falier, que haveria de se tornar seu assíduo protetor, e cujo filho Giuseppe se tornaria um dos mais constantes amigos do escultor.

Através de Falier, Canova, com cerca de 13 anos, foi colocado sob a orientação de Giuseppe Torretto, que havia temporariamente se estabelecido nas imediações da mansão do senador, e que foi de valia para o progresso do jovem artista. Dois anos após, a alta apreciação de Torretto sobre a capacidade do aluno fez com que este fosse aprender com um sobrinho seu, continuando por mais um ano os estudos.

Orfeu

Depois deste aprendizado Canova decidiu iniciar o trabalho por conta própria, e logo recebeu de seu patrono a encomenda para um grupo representando Orfeu e Eurídice, cujo sucesso levou Falier a considerá-lo apto para um exame público. Em seguida Canova instalou seu atelier numa cela de um convento, onde trabalhou por quatro anos com o mais estrênuo empenho, aperfeiçoando-se também com aulas na academia, onde recebeu diversos prêmios. Contudo, tirava melhores lições da observação direta da natureza, onde se incluía o estudo anatômico e a freqüência em lugares de reunião pública para captar as expressões das fisionomias e as posturas das pessoas. Nesta época resolveu, decisão que seguiu por diversos anos, jamais dormir sem antes ter realizado pelo menos um desenho. Também prestava grande atenção às pesquisas arqueológicas, à história e aos idiomas.

Num período de três anos sua produção escultórica cessou, mas logo passou a completar o grupo de Orfeu e Eurídice, do qual só a figura feminina estava terminada. O conjunto, quando acabado, resultou tão bem e atraiu tanto aplauso que pode ser considerado seu primeiro passo para a fama internacional que depois granjearia. Considerando cumprida esta primeira etapa de sua carreira, voltou seus pensamentos para Roma. Estava com vinte e quatro anos.

 Em Roma

Antes de sua partida para Roma seus amigos conseguiram-lhe uma pensão de 3 mil ducados anuais, que se manteria por três anos. Também obteve cartas de apresentação para o embaixador veneziano na cidade, o Cavalier Zulian, um ilustrado patrono das artes, que o recebeu com grande hospitalidade quando o artista chegou ali em 28 de dezembro de 1780.

Teseu e o Minotauro

Em Roma Canova pôde aperfeiçoar-se com o estudo das mais importantes relíquias da antigüidade, e colocando-se na competição com os melhores mestres da época. O resultado ficou além de suas próprias expectativas. Sua primeira obra, que estabeleceu sua fama em Roma, foi Teseu vencendo o Minotauro, hoje no Museu Victoria e Albert de Londres, e que foi recebida com entusiasmo.

Psique revivida pelo beijo de Eros.

Sua próxima encomenda seria um monumento ao Papa Clemente XIV, mas para aceitá-la decidiu pedir permissão ao Senado de Veneza, em consideração à pensão que lhe haviam concedido. Sendo concedida, voltou imediatamente a Roma e abriu um atelier nas imediações da Via del Babuino, onde os dois anos seguintes foram passados em meio à mais completa dedicação à conclusão do projeto, e outros dois gastos no acabamento da obra, que foi finalmente inaugurada em 1787, e com ela Canova foi considerado o primeiro dos artistas dos tempos modernos.

Outros cinco anos foram dispendidos na elaboração de outro cenotáfio, este para Clemente XIII, que levou sua fama a alturas ainda maiores. Nesta fase suas obras se multiplicam, produzindo uma Psique com uma borboleta, considerada sua obra mais impecável sob todos os aspectos, e outros dois grupos de Cupido e Psique, em atitudes diferentes, que lhe valeram um convite para que se instalasse na corte russa, mas declarando sua íntima ligação com a Itália, declinou.

Perseu com a cabeça da Medusa

Entre 1795 e 1797 produziu algumas cópias destas obras, e outras originais, como a Despedida de Vênus e Adônis. Com a agitação causada pela Revolução Francesa, Canova buscou refúgio em sua Possagno natal entre 1789 e o ano seguinte, quando dedicou-se à pintura. Mas estando exausto de tantos anos de afincadas atividades, fez uma excursão de recreio pela Alemanha em companhia de seu amigo o Príncipe Rezzonico, de onde voltou revigorado. Em sua volta produziu uma das suas composições mais heróicas, o Perseu com a cabeça da Medusa, que foi tão admirado que um decreto papal ordenou que a peça fosse colocada em uma sala do Vaticano até então reservada às maiores preciosidades da antigüidade.

 Maturidade

Teseu e o Centauro

Os anos anteriores, cheios de grande atividade artística, quase não trazem lembrança de eventos pessoais importantes. Sua mente era exclusivamente voltada para sua produção, e salvo breves viagens a Paris, Viena e outras localidades da Itália, ele jamais deixou Roma. Segundo suas próprias palavras, suas esculturas eram a única prova de suas existência civil. Uma outra prova havia, entretanto, mas esta sua modéstia o impedia de citar, e que era sua constante benevolência, especialmente para com seus colegas artistas.

Em 1815 o Papa o incumbiu da tarefa de resgatar o espólio artístico arrebatado da Itália por Napoleão, e por seu zelo e esforço conseguiu resolver o difícil trabalho de acomodar interesses internacionais divergentes e recuperar diversos tesouros para sua pátria. No outono deste ano pôde realizar o sonho há muito acalentado de viajar a Londres, onde foi recebido com grande consideração e fez alguns discípulos como Sir Richard Westmacott e John Gibson.

Voltando a Roma em 1816 com as obras devolvidas pela França, foi distinguido com a presidência da Academia de São Lucas, a mais prestigiosa instituição artística de Roma, com a inscrição de seu nome no Livro de Ouro do Capitólio pela mão do próprio Papa, e com a concessão do título de Marquês de Ischia, além de uma pensão de 3 mil coroas.

 Últimos projetos

Então Canova começou a elaborar o modelo para uma outra estátua, monumental, representando a Religião. Não por servilismo, uma vez que era um devoto ardente, mas o projeto acabou frustrado, e ele decidiu erguer um templo em sua vila natal que conteria aquela escultura e outras peças de sua autoria, e nele deveriam, no tempo, repousar suas cinzas. Em 1819 foi lançada a pedra fundamental, e em seguida Canova retornou a Roma, mas a cada outono voltava às obras para acompanhar o seu progresso e instruir os empregados, encorajando-os com recompensas financeiras e medalhas.

Madalena

O Mausoléu de Canova

Mas o empreendimento se revelou excessivamente custoso, e o artista teve de voltar ao trabalho com renovado empenho a despeito de sua idade e doenças. Desta fase são algumas de suas peças mais extraordinárias, como o grupo de Marte e Vênus, a estátua colossal de Pio VI, a Pietâ, a Madalena ajoelhada. Sua última obra acabada foi um enorme busto de seu amigo o Conde Cicognara.

Em maio de 1822 visitou Nápoles para superintender a construção do modelo para uma estátua eqüestre do Rei Fernando VII, mas o trajeto cobrou caro de sua saúde. Voltando a Roma, recuperou-se, mas em sua visita anual a Possagno no outono sofreu um colapso. Então foi levado a Veneza, onde faleceu com cerca de 65 anos. Seu funeral, realizado em 25 de outubro de 1822, foi cercado das mais altas honras. Seu coração foi depositado no mausoléu que ele havia desenhado para o pintor Ticiano, na Basílica de Santa Maria Gloriosa dei Frari, em Veneza, e que hoje é um monumento à sua própria memória.

[editar] Outras obras

 

Trabalho realizado por Rafael do 6B 😐 😀

Anúncios
 

74 Responses to “Antonio Canova”

  1. rafickool Says:

    oi como estao comentemno e digam-me de ke estatua ke mais gostam ?

  2. ines Says:

    Esta muito giro rafael a estatua que eu mais gosto e a dançarina!!!!LOL:)

  3. tiagocv Says:

    a que mais gostei foi o orfeu 😉

  4. tiagocv Says:

    achei este trabalho criativo, interessante e bonito. 😀

  5. tiagocv Says:

    ines se quiseres fazer 🙂 tens sempre que a seguir a palavra deixar um espasso

  6. tiagocv Says:

    parece que já temos 806 comentários 😉

  7. ines Says:

    Eu sei tiago o rafael aj me explicou LOL 🙂

  8. ines Says:

    Que fixe o blog esta a ficar espectacular!!! LOL 🙂

  9. jorge sousa Says:

    Pois está.

  10. jorge sousa Says:

    Nisso tens razão.

  11. ines Says:

    Obigado jorge

  12. jorge sousa Says:

    De nada,é a verdade!!!

  13. Rafael Says:

    obrigado pessoal

  14. ines Says:

    Entao esta toda agente a estudar ciencias????

  15. inespucca Says:

    Parece que ja esta!!! LOL 🙂

  16. tiagocv Says:

    pois é 😉
    acabei agora mesmo

  17. tiagocv Says:

    ola ines 😀

  18. inespucca Says:

    Ainda estas ca tiago?

  19. inespucca Says:

    aintao esta tudo bem contigo?

  20. tiagocv Says:

    ta 🙂
    com o pedro e ke nao pois o redes do furadouro espetou-lhe com os pitões no braço direito

  21. tiagocv Says:

    se calhar na vai poder escrever
    sortudo 😉

  22. tiagocv Says:

    tas ai ???

  23. inespucca Says:

    E que cena mas ele esta bem?

  24. tiagocv Says:

    se calhar já foste embora…

  25. tiagocv Says:

    penso que sim

  26. tiagocv Says:

    bom na me apetece falar disso porque ainda digo asneira
    so sei que fomos roubados

  27. tiagocv Says:

    porque terminaste a sessão A)

  28. inespucca Says:

    tU E O FUTEBOL MAS PERDERAM FOI?

  29. tiagocv Says:

    atao

  30. tiagocv Says:

    CLARO!!!!!!!!!
    flamos disso amanhã que eu vim para aki descontrair 😉

  31. tiagocv Says:

    demoras muto a escrever 😀

  32. tiagocv Says:

    tas ai

  33. inespucca Says:

    OK olha o blog agora tem muita mais gente nao tem?

  34. tiagocv Says:

    onde foste ?)

  35. inespucca Says:

    quando?

  36. tiagocv Says:

    claro agora andamos a falar e tudo 🙂

  37. tiagocv Says:

    esquece pensei que tinhas ido embora 😀

  38. tiagocv Says:

    tchau

  39. inespucca Says:

    Nao faz mal

  40. inespucca Says:

    Olha tambem vou ter de ir embora vou acabar de esudar ciencias xau mais logo volto!!!

  41. inespucca Says:

    XXXXXXXXXXXXXAAAAAAAUUUUUUUATE JÁ!!

  42. jorge sousa Says:

    Xau também para ti!!!!

  43. inespucca Says:

    Olha voltei a minha mae nao me deixava vir para o computador mas eu convencia se estiver aqui alguem que diga alguma coisa!!

  44. inespucca Says:

    Esta ca akguem 😦

  45. Catarina Gomes Says:

    Bem… grande conversa que aqui vai 😀
    Espero que o braço do Pedro esteja bem.

    Agora o meu comentário ao artigo.
    Muito bem Rafael 😀 Está bastante completo. Sinceramente, já conhecia muitas das obras de Canova mas não conhecia a sua biografia. Como vêem os professores também aprendem aqui 😉
    A estátua que mais gostei foi a da Madalena. Tem um ar mais intimista, menos heróico 🙂

    E tu Rafael? Não nos disseste do que gostaste mais.

  46. inespucca Says:

    Esta ca alguem??

  47. tiagocv Says:

    exacto grande descoberta stora 😉

  48. tiagocv Says:

    ola 🙂
    estou eu aki

  49. inespucca Says:

    Professora eu ja tinha a minha iamgem mas depois nao gostei dela e fui mudar mas pus uma que fica ao contrario e eu ja tentei ir outra vez mudar e nao dá como e que eu faço?

  50. tiagocv Says:

    de aki a 5/8 terei que ir jantar mas estou ainda aki 😀

  51. tiagocv Says:

    eu na sei

  52. tiagocv Says:

    olha a stora esta noutro artigo 😉

  53. inespucca Says:

    Tiago podes explicarme outra vez le o comentario acima e deoois explicame!!!!!!!!

  54. tiagocv Says:

    hummmmm!!!!!!!!
    que cheirinho!!!!!
    em minha casa palpitame ser massa a bolonhesa 😉

  55. inespucca Says:

    Pois mas a mim e salamao!!

  56. tiagocv Says:

    na sei!!!!!!!!!

  57. inespucca Says:

    Alguem me explique nao quero ter a foto virada ao contrario 😦

  58. inespucca Says:

    Eu dwesenrascome senao amanha na escola peço a stora

  59. Catarina Gomes Says:

    Inês, a imagem fica assim porque a tens guardada no computador com essa orientação.

    Para pores outra imagem tens que ir outra vez ao perfil e voltares a carregar a imagem que queres. Não te esqueças de salvar as alterações aos perfil no final 😉

    Para pores essa imagem na orientação certa tens que o fazer antes de a carregares no teu perfil. Eu costumo fazer isso no Picture Manager do Office, é uma das ferramentas do Office.

  60. ines Says:

    Obrigado stora vou ja fazer isso

  61. Catarina Gomes Says:

    O nosso blog já tem quase de 2.500 visitas, 40 artigos e 897 comentários! 😀
    Vamos lá continuar porque agora é que isto começa a “aquecer” 🙂
    Ah, e não se esqueçam de falar com os colegas que ainda não estão convencidos… contem-lhes como tem sido a vossa experiência 😉

  62. inespucca Says:

    Acho que já esta tancks stora!!! LOL 🙂

  63. Rafael Says:

    obrigado setora a estatua ke eu amis gosto e a Perseu com a cabeça da Medusa

  64. jorge sousa Says:

    Vamos tentar convencê-los.

  65. jorge sousa Says:

    Está aí alguém?

  66. Catarina Gomes Says:

    A história de Perseu é uma das mais interessantes da mitologia grega, que é onde surgem a maior parte das ideias para estas estátuas.

    Se tiverem curiosidade, aconselho-vos a pesquisarem estas histórias (Perseu, Teseu, Orfeu e Eurídice, etc), são muito interessantes e ajudam a entender melhor estas esculturas 🙂

  67. inespucca Says:

    Esta alguem ai?

  68. jorge sousa Says:

    Eu estou!

  69. tiagocv Says:

    muitos comentários por aqui 😀

  70. inespucca Says:

    Pois tiago!!!

  71. diogochumbo Says:

    gosto muito deste artigo acho que esta muito interessante e ja agora ola a todos! 🙂

  72. Catarina Gomes Says:

    Não disseste qual é a tua estátua preferida Chumbo 🙂


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s